Mercado imobiliário em transformação: Qual o impacto real no bolso do consumidor?

O ano de 2019 tem sido bastante movimentado para o mercado imobiliário, com inserção massiva de tecnologia e amplo acesso ao crédito fora das instituições tradicionais

Vendas de imóveis aumentam no segundo trimestre de 2019.
Quem está buscando comprar um imóvel neste ano, já percebeu que diversas mudanças estão movimentando o mercado imobiliário. No segundo trimestre de 2019, as vendas de imóveis subiram 16%, comparado ao mesmo período do ano anterior, segundo informações Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).
Depois dos primeiros sinais de recuperação do setor, buscando aquecê-lo ainda mais, a Caixa anunciou uma nova modalidade de financiamento imobiliário atrelado à inflação. O que acabou tornando acessível uma taxa de juros nunca antes operada no passado recente e que coloca milhões de pessoas como novos entrantes no mercado imobiliário.

Esta nova modalidade de crédito também elimina necessidade de funding de poupança, o que torna atrativa a entrada de novos players para o setor – ainda monopolizado por pouquíssimas instituições financeiras no Brasil. O aumento da concorrência permite a imediata flexibilização de produtos e processos, trazendo inovações, além de incentivar a queda dos custos para o consumidor.
Para trazer ainda mais mudanças e crescimento ao mercado em questão, em meio a esse contexto a taxa Selic também sofreu mais uma queda, chegando ao patamar mais baixo da história do Brasil. Os bancos repassaram a redução para os clientes, baixando as taxas de financiamento imobiliário, o que tem um impacto direto na redução das parcelas, beneficiando o bolso de quem deseja comprar um imóvel.

Fonte: https://www.jornalcontabil.com.br/ 

Boas notícias para o mercado imobiliário!

De acordo com o UOL Economia, “A Caixa Econômica aguarda autorização do Banco Central para anunciar, nas próximas semanas, uma redução de 31,5% dos juros do financiamentos imobiliários.” O que isso quer dizer? Se o reajuste acontecer, os clientes da caixa ou com boa avaliação de crédito na praça pagarão juros menores. Na prática, o juros total sofrerá cortes entre 28% e 31,5% em relação ao modelo vigente. Então não perca a oportunidade, entre em contato com a especialista premium e tire todas as suas dúvidas. 📱 82 99612-1507.